Segunda-feira, 20 de Fevereiro de 2006

tartes pra k t kero...

Com este temporal só me apetecem tartes à lareira e com a televisão a debitar um bom filme. Mandaram-me uma série de receitas e aqui vão as que associei convosco:


Miss Lemon:


Tarte de Maçã com Merengue


Para a massa: 150 g farinha, 75 g manteiga, 1 ovo. Recheio: 1 K maçãs reinetas, 180 g açúcar, 2 ovos, 1 limão (sumo), 100 g manteiga, leite q.b. Mistura-se a farinha, a manteiga e ovo inteiro, até ficar uma massa homogénea. Estende-se a massa em cima de uma mesa limpa, previamente polvilhada com farinha, até a massa ficar bem fina. Depois coloca-se na tarteira. Pique o fundo com um garfo e leve ao forno quente, a cozer (cerca de 10 minutos). Descasque as maçãs e leve a cozer numa panela, juntamente com o açúcar e um pouco de água. Quando as maçãs estiverem cozidas, adicione as duas gemas previamente desfeitas num pouco de leite, aos poucos e sem tirar a panela do lume, mexendo sempre. Retire do lume junte o sumo de um limão e a manteiga, com a mistura ainda quente. Bata bem e coloque na forma de tarte depois da caixa cozida. Enfeite a tarte com as claras batidas em castelo com um pouco de açúcar e leve ao formo quente a corar (5 minutos). Desenforme e sirva depois de arrefecer um pouco.


Miss Mente-A:


Tarte Adriana


Leva 4 maçãs de tamanho regular, 2 claras, 3 gemas de ovos, 300 g de açúcar, compota de damasco, creme de leite q.b. e massa quebrada. Prepara-se a massa com a qual se forra uma torteira. Coze-se no forno e retira-se. Descascam-se as maçãs e cortam-se em rodelas finas que se cozem em lume brando, num decilitro de água e quatro colheres de sopa de açúcar. Mexe-se até se desfazerem e enxugarem. Com 180 g de açúcar, 1/2 litro de leite, duas colheres de chá de farinha de batata e as gemas dos ovos, faz-se um creme que se bate, depois de o tirar do lume, até amornar para não criar pele. Deita-se no fundo da tarte, já cozida, uma camada de compota de damasco que se tapa com o doce da maçã. Deita-se por cima o creme de leite. Batem-se as claras em castelo e junta-se, aos poucos, o restante açúcar, batendo continuamente até fazer ponto de merengue. Espalha-se sobre o creme e mete-se a torteira em forno quente, durante poucos minutos, para esse merengue secar rapidamente, sem tostar.


Miss Choco:


Tarte de Banana com Canela


Faz-se com 5 a 6 bananas, 300 g de biscoitos/bolachas de aveia e cereais, 2 ovos, 3 dl de leite, 2 dl de leite de coco, 60 g de açúcar amarelo, 50 g de margarina, 1 colher (sopa) de maisena e canela em pó. Misture a maisena com o açúcar amarelo, junte-lhe os ovos e mexa. Adicione o leite de coco e o leite, misture bem e leve ao microondas, na potência máxima, durante 10 a 12 minutos, mexendo com a vara de arames 3 a 4 vezes durante este tempo. Entretanto, esfarele as bolachas, misture-as com a margarina e espalhe o preparado sobre o fundo de uma forma de tarte. Por cima, disponha as bananas, previamente descascadas e cortadas em troços. Cubra com o creme preparado. Deixe arrefecer um pouco e polvilhe generosamente com canela.


Miss M.:


Tarte de Castanhas


Com 100 g de castanhas congeladas, 3 ovos inteiros, 3 gemas, 180 g de açúcar, 100 g de farinha, 50 g de chocolate em pó, 3 folhas de gelatina e 2 dl de natas . Coza as castanhas e escorra-as; reduza metade a puré e reserve. Ligue o forno a 180º C. Forre uma tarteira de fundo móvel com papel vegetal e unte com manteiga. Levante as claras em castelo e reserve. Bata três gemas com 100 g de açúcar até esbranquiçar. Envolva a farinha, o chocolate e o puré de castanhas, em alternado com as claras batidas. Verta para a tarteira e leve ao forno por 20 minutos. Num tabuleiro, coloque as restantes castanhas e leve-as ao forno para tomarem cor. Deixe arrefecer e retire da forma; forre esta última com película aderente e sobreponha-lhe a base do bolo já fria. Coloque a gelatina de molho em água fria. Bata as restantes gemas com o açúcar e leve ao lume, em banho-maria, mexendo até engrossar. Retire, incorpore a gelatina escorrida e deixe arrefecer. Bata as natas bem firmes e envolva-as no preparado anterior. Verta para a tarteira e coloque no frigorífico até solidificar. Desenforme e decore com as castanhas assadas e grosseiramente picadas.


Miss A-Mente:


Tarte de Cereja


Quer-se 1 base para tarte e, para o recheio, 200 g de cerejas descaroçadas, 125 g de açúcar, 5 dl de leite, 5 gemas, 1 casca de limão, 1/2 vagem de baunilha e 1 colher (chá) de maisena. Para o merengue, 2 claras e 3 colheres (sopa) de açúcar em pó. Comece por preparar o recheio: dissolva a maisena no leite frio e leve ao lume, juntamente com o açúcar, a vagem de baunilha e a casca de limão. Sem parar de mexer, deixe engrossar um pouco e retire do lume. Quando este preparado estiver morno, acrescente-lhe as gemas, previamente batidas. Leve novamente ao lume, mexendo sempre, até levantar fervura. Retire e deixe arrefecer. Depois de estar morno, verta este creme sobre a base de tarte e mergulhe nele as cerejas. Reserve. Entretanto, prepare o merengue: bata as claras em castelo, junte o açúcar em pó e bata mais um pouco. Espalhe o merengue sobre a tarte e leve ao forno até dourar. Deve servir esta tarte apenas depois de estar fria.


Miss Pilantra:


Tarte de Groselha e Requeijão Para a massa, 50 g de bolachas de amêndoa, 220 g de farinha, 160 g de manteiga, 80 g de açúcar em pó, 1 colher de raspa de limão e 1 gema. Para o creme: 500 g de requeijão, 500 g de groselhas, 100 g de manteiga e 80 g de açúcar, 4 gemas, 20 g de farinha maisena, 1 colher (chá) de raspa de limão e uma pitada de sal. Para o merengue: 100 g de amêndoa laminada, 150 g de açúcar em pó e 3 claras de ovo. Coloque a farinha numa tigela grande, abra uma covinha ao meio e nela introduza o açúcar em pó, a gema, uma pitada de sal, a raspa de limão e a manteiga cortada em pedaços. Ligue bem estes ingredientes, até obter uma massa homogénea. Forme uma bola, embrulhe-a em película aderente e leve ao frigorífico durante cerca de 30 minutos. Findo este tempo, estando a massa para obter um círculo de 30 cm de diâmetro. Com ela, forre uma tarteira untada, fure-a com um garfo e cubra com uma folha de papel vegetal. Leve ao forno durante 15 a 18 minutos. Retire do forno e remova o papel vegetal. Triture as bolachas de amêndoa e espalhe-as por cima da tarte. Desfaça o requeijão e misture-o com o açúcar, a gema de ovo, a manteiga, a farinha maisena, a raspa do limão e uma pitada de sal, até obter um creme homogéneo. Espalhe-o por cima da base da tarte e, por fim, disponha uniformemente as groselhas. Leve novamente ao forno durante 15 minutos. Bata as claras com o açúcar em pó até ganharem consistência. Numa frigideira sem gordura, torre a amêndoa laminada e envolva nas claras. Barre a tarte com este merengue e leve novamente ao forno durante 8 minutos, mais ou menos, até o merengue ficar dourado. Findo este tempo, deixe arrefecer e, de seguida, desenforme e sirva.


Miss Meiavolta:


Tarte de Queijo e Natas


Para a massa: 50 g de farinha maisena, 50 g de farinha, 75 g de açúcar e 2 ovos. Para o recheio: 2 pacotes de açúcar baunilhado, 12 folhas de gelatina incolor, 3 pacotes de natas, 1 lata de pêssegos, 750 g de requeijão, 100 g de açúcar e Sumo de 1 limão. Bata as claras em castelo e, aos poucos, vá adicionando o açúcar. Depois, junte as gemas e as farinhas, previamente misturadas. Forre uma forma com papel vegetal, encha com esta massa e leve ao forno durante cerca de 20 minutos. Findo este tempo, desenforme e corte ao meio, no sentido longitudinal. Coloque a parte inferior do bolo novamente na forma. Escorra bem os pêssegos, reserve 3 metades para decoração, e espalhe as restantes pela superfície do bolo. Misture o requeijão com os açúcares, o sumo de limão e a gelatina, previamente demolhada e espremida. Bata dois pacotes e meio de natas e, envolva-as no requeijão assim que este começar a solidificar. Espalhe este creme sobre os pêssegos e leve ao frigorífico durante 3 horas. Corte o restante bolo e a fruta que reservou, em fatias, e bata as restantes natas. Decore a tarte, já desenformada, a gosto com estes elementos e reserve no frigorífico até ao momento de servir.


Miss Katraponga:


Tarte de Citrinos


Para a massa: 150 g de farinha, 50 g de açúcar, 75 g de manteiga e 2 gemas. Para o recheio: 3 laranjas, 2 toranjas, 3 limões, 10 g de farinha, 10 g de maisena, 65 g de açúcar, 30 cl de leite e 3 gemas, 1 vagem de baunilha e 2 colheres de marmelada de pêssego. Com a farinha, forme um monte sobre a mesa. Junte-lhe a manteiga em bocadinhos, o açúcar e as gemas. Amasse rapidamente. Estenda esta massa numa tarteira, previamente untada, picando depois o fundo com um garfo. Leve a cozer20 minutos em forno pré-aquecido a 200ºC. Findo este tempo, retire a tarteira do forno e deixe arrefecer. Entretanto, coloque o leite e a vagem de baunilha num tacho e leve ao lume, deixando ferver durante 2 minutos. Retire do lume e retire a vagem. Numa taça, bata com a batedeira o açúcar com as gemas. Quando obtiver um creme esbranquiçado e espumoso, acrescente, pouco a pouco, a farinha e a maisena. Junte ainda o leite, coloque tudo num tacho e, continuando a bater com a batedeira, leve a lume brando até o creme engrossar. Retire e deixe arrefecer. Entretanto, descasque os citrinos, separe os gomos e retire as peles brancas e os caroços. Deite o creme por cima da tarte e cubra com os gomos das laranjas e toranjas e dos limões. Barre a superfície com a marmelada de pêssego, previamente diluída em 2 colheres de água fervida. Coloque a tarte no forno e deixe cozer mais 15-20 minutos.


Miss Scorpio:


Tarte Primavera


Quer-se 1 lata de pêssegos em calda, 250 g de morangos ou framboesas, 1 embalagem de natas frescas, Raminhos de hortelã q.b. Escorra os pêssegos e coloque-os no fundo de uma tarteira de pyrex com as cavidades viradas para cima. Dentro de cada pêssego, introduza 6 framboesas ou 2/3 morangos, cortados em pedacinhos. Polvilhe com açúcar. De seguida, bata as natas em chantilly e deite um pouco sobre cada pêssego. Leve ao frigorífico e, no momento de servir, enfeite com folhinhas de hortelã.

publicado por caloria fatal às 07:46
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Anónimo a 2 de Março de 2006 às 21:44
Parabéns Caloria, fiquei encantada com este blog.Só de o ler " engordei" os meus neurónios gustativos... Mas para as tardes friorentas gostaria de sugestionar-lhe a leitura de um livro diferente "As ligações Culinárias" de Andreas Staikos" da Editorial Presença.T
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 16:43
eu estou a soro e só não morri porque não há nenhuma tarde para mim. rsrsralguém
(http://nasha.blogs.sapo.pt/)
(mailto:supernasha@hotmail.com)


De Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 09:20
Caloria, malévola criatura, falo-te do além vestida de branco e com cachinhos de groselhas nas orelhas: ai!

Isto promete: já há duas morridas matadas e ainda vai a dita no adro. Vai ser aqui um alinhamento de bípedes bem pior que o das galináceas.

Caloria, ó Caloria, e nós que tinhamos jurado ser felizes para sempre!Samartaime
(http://abracadabra.weblog.com.pt/)
(mailto:samartaim@yahoo.com)


De Anónimo a 21 de Fevereiro de 2006 às 22:40
AIIIIIIII MORRI!
Agora só descanso quando experimentar a tarte scorpio! Isto não se faz - LOLLLLLL!

Scorpio_Angel
(http://myway.blogs.sapo.pt)
(mailto:Scorpio_Angel@ns.pt)


De M. a 25 de Março de 2006 às 13:41
Ena... uma receita para mim !!! e logo eu que sou 'viciada' em castanhas... :o)))
Muito obrigada... e peço desculpa pela demora com que aqui vim dar !
um abraço


De Isa a 11 de Abril de 2006 às 18:59
Acho esta ideia de colocar estas dietas assim à "vista de semear" o maximo. espero que continuem, pois eu vou fazer por não vos perder de vista também. Continuem e PARABENS. Jokas açucaradas.


De Didas a 4 de Maio de 2006 às 12:57
Ena! Isto promete!


De mauricio_102 a 12 de Junho de 2006 às 13:20
.
Olá Bloguer. Não há para aí uns artigos sobre ENERGIAS RENOVÁVEIS ?!?!?!


CONCURSO SOLAR PADRE HIMALAIA - Edição 2006: Divulgação das ENERGIAS RENOVÁVEIS.

Em http://www.cienciaviva.pt/rede/energia/himalaya2006/home/


CURIOSIDADE: Uma Cidade Renovável. Ver http://www.energiasrenovaveis.com/html/canais/cr/cr.htm


MELHORIAS:

MELHORIA 1: Portugal vai ter a MAIOR CENTRAL DO MUNDO de produção de energia fotovoltaica.

http://www.publico.clix.pt/shownews.asp?id=1259899


MELHORIA 2: Portugal vai ter o PRIMEIRO PARQUE MUNDIAL de aproveitamento da energia das ondas.

http://dn.sapo.pt/2006/05/12/economia/enersis_instala_primeiro_parque_onda.html


PROPOSTA DE MELHORIA:

As praias da costa Portuguesa estão a ser “comidas” pelo mar.

Construam DIQUES PROTECTORES que sejam PLATAFORMAS GERADORAS de ENERGIA DAS ONDAS.


Braga, 19.4.2006

José da Silva Maurício

http://eunaodesisto.blogs.sapo.pt


Comentar post