Segunda-feira, 29 de Março de 2004

Sushi Paradise

sushiparadise.jpg

Diário de viagem

Sushi Paradise, não o de Las Vegas, mas no passeio de Tóquio a dois quarteirões do hotel, é a tenda com o melhor rolinho de peixe e arroz que há sobre a terra. Um dedal de saquê e qualquer noite nipónica é uma antevisão do paraíso. Dispensam-se os cartões postais com néons da coca-cola e 'I love (coração) Tokyo'. Costeletas de porco preto temperadas com rosmaninho, batata nova frita e salada de tomate com cebola, ficam algures e nenhures a caminho do Sul, numa manhã fria de nevoeiro regada com vinho alentejano aquecido e duas chávenas de café bem forte a seguir a uma encharcada polvilhada de canela. Pretzels a queimar os dedos por cima dos guardanapos têm o carimbo das ruas de NYC, Frankfurt e Berlim. Em Londres transformam-se em peixe frito e french fries. Já as french toasts, versão de pão de ervas aromáticas, não são nada sem o maple syrup das garrafinhas das as vovós donaldas, saborosas primas das rabanadas em calda de açúcar.
Nas praias quentes a oriente o sarrabulho cobre-se de picantes e óleos, sarapatel de novo baptismo, para ensopar bolinhas de arroz branco, feitas e comidas com os dedos. A seguir, bolinhos de leite e doce de manga e iogurte, cerveja fresca e sesta sob o tronco de uma árvore. Arroz malandro, escuro, com coentros e grossos nacos de lampreia comem-se com vista para o Douro, vinho doce e verde, pão de ló húmido e charutos de fumo pesado a engolir ao mesmo tempo que um golo de Porto. Bolinhos de grão fritos à sexta-feira, à porta da mesquita, antes do estufado de carneiro com couscous e chá de hortelã, cachimbos de água e garrafas de refrigerante cor de cereja. Root beer, com piquinhos antes da carne de vaca grelhada com molho (de barbecue), starbucks com cafeína e natas com aroma de avelã, tarte de maçã com pimenta e canela aos sábados à tarde com os vizinhos. Gnocci e rúcula, fungi e orégãos, cinzano com um dedal de gim, canelonni verde e cimbalinos à napolitana. Em praias do Índico, chamuças estaladiças e pão de sura antes da matapa de mandioca e caranguejos do lodo. Chá mate sorvido da cabaça depois do rodízio com feijão preto e farofa. Pingos de tocha em Leiria, papos de anjo, trouxas de ovos e molotov, mousse de chocolate com nozes e doce de barricas de ovos de Aveiro. Caril de camarão e achar de manga com arroz branco, coco ralado e rodelas de banana. Maçãs caramelizadas e algodão doce, depois do bitoque com ovo a cavalo. Carne de búfalo seca e café gelado no land rover a caminho do Kruger Park. Nenhum diário de viagem fica completo sem a ementa escrita em papel de embrulho colada na lona do Sushi Paradise.
publicado por caloria fatal às 03:23
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Outubro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. Saladas

. pequeno-almoço contigo

. ovos celtas

. o infame bolo de canela e...

. fudge de manteiga de amen...

. Delícia de chocolate

. Vermute geladinho

. tartes pra k t kero...

. Café e torta

. Fruta fruta fruta

.arquivos

. Outubro 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Agosto 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Abril 2004

. Março 2004

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds