Segunda-feira, 29 de Novembro de 2004

eu cá acho as mutações genéticas podres de saborosas...

guacamole22.jpg em resposta à amiga pilantrinha, que me alavancou numa de propaganda anti mutante, devo dizer que ele há gostos para tudo e, só para sua informação, cara amiga, ele há mitos também para todos os gostos. não é que os arqueologistas, chafurdando na poeira dos cacos dos antigos maias e aztecas, descobriram que os pikenos já lidavam com pelo menos uma centena de variedades geneticamente modificadas de milho? aquilo devia ser tipo cardápio lá por qaquelas bandas. eu cá gosto de milho e de pratos mexicanos. por isso, hoje, cá vai uma receitita de guacamole e uma panorâmica das maravilhosas excursões culinárias que se podem fazer pela ex pátria dos tais de aztecas:


Guacamole: Ingredientes - 2 abacates; 3 tomates; 2 dentes de alho; 1 cebola; 1 pimenta malagueta; 1 colher de sopa de sumo de limão; gomos de tomate; sal a gosto. Cortam-se os abacates ao meio, retiram-se os caroços, descasca-se e corta-se a polpa em pedacinhos. Descasque e esmague os dentes de alho. Descasque a cebola e parta-a miudinha. Coloque o abacate no liquidificador, junte a cebola e o alho. Limpe os tomates de sementes e corte em pedaços. Junte aos outros ingredientes. Junte ainda a malagueta limpa de sementes e corte em pedacinhos. Tempere com o sal e o sumo de limão. Reduza tudo a puré. Coloque numa travessa, tape e leve ao frigorífico. Quando servir, decore com os gomos de tomate.


e agora: «Quando os conquistadores espanhóis chegaram à antiga Cidade do México (Tenochtitlán), descobriram que o povo azteca tinha uma dieta específica: comia pratos baseados em milho com algumas ervas, mas geralmente com feijão. De acordo com algumas pesquisas, a mistura de feijões com milho origina um composto de aminoácidos que é bom para a dieta. Mais tarde, os conquistadores adicionaram arroz, carne de vaca e vinho, entre outros produtos. Há quem diga que a tortilla, um prato com base em milho, foi criado assim. mais tarde, foi-lhe adicionado um creme com base em feijão. Muitas coisas foram levadas para o México pelos conquistadores espanhóis, tais como: cavalos, porcos, gado bovino, galinhas, cabras e outros animais, orégãos, salsa, canela, pimenta e outras especiarias, e ainda vários vegetais e frutos. Muita da culinária mexicana actual tem origem em várias misturas de tradições, ingredientes e creatividade. A maior parte tem base nativa americana, com misturas indígenas e um toque espanhol. Por exemplo, a famosa quesadilla é uma tortilla com base em milho e queijo e com carne de vaca, galinha e/ou porco. A parte indígena disto e de muitas outros pratos tradicionais é o chili. A disposição deste tipo de pratos é muito decorativa e colorida. Isto acontece porque a culinária mexicana é rica em vegetais (pimenta vermelha, pimentão verde, chili, bróculos, couve-flor e rabanete) e em carnes variadas. Os alimentos indígenas do México pré-colombiano incluem chocolate, milho, tomate e baunilha. A alimentação varia com a região, dependendo da população indígena original e das influências dos espanhóis e de outros povos a que essas regiões foram expostas. Por exemplo, o norte do México é conhecido pela sua produção de carne de vaca e pratos de carne, enquanto que o sueste do México é conhecido pelos seus pratos condimentados baseados em vegetais e carne de galinha. A culinária mexicana combinou-se com a culinária do sudoeste dos Estados Unidos, formando a culinária tex-mex.»

publicado por caloria fatal às 18:37
link do post | comentar | favorito
|
15 comentários:
De Anónimo a 7 de Dezembro de 2004 às 23:39
menos mal; odeio descartáveisCaloria Fatal
(http://caloriazen.blogs.sapo.pt)
(mailto:caloriazen@sapo.pt)


De Anónimo a 7 de Dezembro de 2004 às 23:16
Não se aflija! Eu levo uma garrafa graaaaande cheia dele... Ainda não é desta que se livre de mim!...Pilantra
</a>
(mailto:samartaim@yahoo.com)


De Anónimo a 7 de Dezembro de 2004 às 20:34
só há de gengibre, pena...Caloria Fatal
(http://caloriazen.blogs.sapo.pt)
(mailto:caloriazen@sapo.pt)


De Anónimo a 6 de Dezembro de 2004 às 16:35
Não seja ciumenta! Deixe lá ir os beijos para quem vão!
Eu cá só vou ao capuccino se houver licor de tangerina, já disse!Pilantra
</a>
(mailto:samartaim@yahoo.com)


De Anónimo a 4 de Dezembro de 2004 às 11:08
Ooops! Ele é beijos a uma, beijos a outra... a ver vamos, que entre fenícias e mouras alguma há-de escapar. Olaré! Volto para o meu capuccino.Caloria Fatal
(http://caloriazen.blogs.sapo.pt)
(mailto:caloriazen@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Dezembro de 2004 às 23:11
As mouras daí são bem piores que as fenícias daqui!Pilantra
</a>
(mailto:samartaim@iol.pt)


De Anónimo a 3 de Dezembro de 2004 às 23:09
Mas não encontro qualquer erro! Até já mandei um à Manchinha (que roubei!) e se ela mandar alguém dar-me com o salto do sapato italiano desta vez até que é merecido! Também não pode falar com a Manchinha????? Pois acredite que ela já tem tudo na box! Eu é que não tenho qualquer meio de lhe enviar o que quer que seja a não ser umas letrinhas aqui. Sou eu que me faço cara, sou? Então vai daqui um beijo roubadíssimo que é para aprender: schuac! E que se oiça para lá da Serra do Pilar!Pilantra
</a>
(mailto:samartaim@yahoo.com.br)


De Anónimo a 3 de Dezembro de 2004 às 22:58
ai que a menina sabe fazer-se cara... ora agora tenho de ir por interpostaMente...Caloria Fatal
(http://caloriazen.blogs.sapo.pt)
(mailto:caloriazen@sapo.pt)


De Anónimo a 3 de Dezembro de 2004 às 22:22
Muito me conta!... Mas faça-me um favor: peça à Assumida que ela tem um infalível, rápido e poderoso. É que eu não tenho mesmo outra possibilidade de comunicar consigo senão aqui! Nem mail!Pilantra
</a>
(mailto:samartaim@yahoo.com.br)


De Anónimo a 3 de Dezembro de 2004 às 17:08
vou a tempo? é que nos boicotaram a ligação toda esta semana... ó Pilantrinha, como é que a gente lhe manda um cartãozinho de Boas Festas se a menina se engana a soletrar o seu €mail???Caloria Fatal
(http://caloriazen.blogs.sapo.pt)
(mailto:caloriazen@sapo.pt)


Comentar post